top of page

"Bolas…o meu 2022 foi um ano do caraças!”

Normalmente, depois de passarmos pelas situações, temos a tendência para as minimizar ou achar que afinal não foram assim tão desafiantes como as sentimos na altura que as estávamos a viver! E por isso, muitas vezes não damos o devido crédito a nós mesmos, relativizamos a experiência e esquecemo-nos de reconhecer o quanto fomos fortes ou resilientes.


Em modo de retrospectiva e em jeito de boas vindas ao novo ano, tenho de reconhecer que "bolas...o meu 2022 foi um ano do caraças!"


Celebra todos os sonhos alcançados, sejam pequenos ou grandes!
Em modo de celebração!

Este foi o ano que ganhei coragem e dei o salto, saí da empresa onde trabalhava há 24 anos, para me dedicar de corpo e alma ao ThetaHealing® e à área do desenvolvimento pessoal. Era um projecto que vinha a ser pensado há alguns anos e para o qual me estive a preparar, mas quando finalmente aconteceu, foi como se uma parte de mim tivesse deixado de existir. Quem é a Ana agora? Sem o tal cargo, a tal profissão, a tal empresa? Deixei para trás uma carreira no Turismo de mais de 26 anos, segurança financeira, mas principalmente deixei pessoas que foram e são muito importantes para mim, para poder abraçar um projecto, que mesmo sabendo que tem tudo para dar certo, não deixa de provocar algum medo e aquele friozinho na barriga!

Na mesma altura, mudei de casa. E para isso tive que vender aquela que foi a minha primeira habitação. A mudança foi para melhor, claro. Mas, todo o processo de desapego do que foi o meu espaço de retiro durante 17 anos, o empacotar e desempacotar caixotes, o habituar-me a novas rotinas, nova localização…!! Isto tudo enquanto, também limpava a caixa de emails, o computador e telefone da empresa, enquanto me despedia de vizinhos, de colegas e de pessoas com quem trabalhei durantes anos!


Bolas, confesso-te que foi muita mudança, com alguma dureza emocional. Dei por mim, sem vontade de celebrar, com uma sensação de vazio, apática e com o queixo a tremer e os olhos cheios de água sempre que pensava ou falava com alguém sobre o tema. Sabia que não era depressão ou nenhum burnout, apenas tristeza por estar a deixar ir aquela parte do meu ser.


Após este período, tomei a decisão de dar um tempo, permitir-me viver o luto dessa pele que estava a despir. Decidi parar, cuidar de mim, fortalecer a minha mente, de me mimar, gozar de umas férias grandes, para então agora emocionalmente mais fortalecida poder abraçar com todo o entusiasmo este novo momento.



Instrutora Science ThetaHealing
Pelo meio de 2022, ainda consegui realizar mais um sonho e tornar-me ThetaHealing Science® – o grau mais elevado no curriculum do ThetaHealing®! Mais um salto quântico na minha jornada e no propósito maior de servir o próximo.

Estou aqui a contar-te esta história, orgulhosa de mim mesma, com vontade de celebrar tudo o que vivi em 2022 e dar as boas vindas, ao novo ano que promete ser intenso, mas cheio de aventuras e realizações!


Nesta altura do ano, gostamos de definir objectivos anuais, sonhos e manifestações a alcançar, listamos uma série de objectivos e de mudanças que desejamos que se venham a realizar. Contudo, algumas mudanças, mesmo que desejadas, podem ser assustadoras e sem termos consciência acabamos por as sabotar. As mudanças que implicam dar aquele salto de fé, abraçar o desconhecido e sair fora da zona de conforto, nem sempre são fáceis de abraçar…! Ao chegarmos ao fim de mais um ano e nos apercebemos que esses sonhos nunca chegaram a sair do papel, sentimo-nos frustrados e desapontados connosco próprios, por acharmos que estamos a falhar e que não somos corajosos o suficiente. A minha experiência, ensinou-me que para vivermos tais mudanças, de uma forma mais leve e segura, é necessário fazer algum trabalho de casa e nos prepararmos. Eu defendo que podemos e devemos mudar, sempre! Procurar o que nos faz mais felizes e realizados, mas essa mudança não precisa de ser drástica, não há necessidade de darmos o tal salto, sem qualquer paraquedas que amorteça a queda e que nos mande para fora de pé. Se é possível faze-lo dessa forma? Sim, é… e há quem precise de agir dessa forma para ter coragem, sem muito pensar. No meu caso, esta foi uma mudança para a qual eu me preparei durante algum tempo e a vários níveis, houve muito desenvolvimento emocional pelo meio, muito crescimento através de sessões e formações de Thetahealing® que fui fazendo e durante algum tempo fui conciliando a minha actividade profissional com esta minha nova actividade, para perceber como me sentia neste novo papel de servir. Abri mão de muitos fins de semana de non fare niente, eventos sociais, férias na praia, compras e gastos supérfluos, mas por saber que estava a fazer algo para além do meu bem maior, tinha a certeza que ia valer a pena!


Hoje, repito para mim mesma, Ana… estou orgulhosa de ti, celebra tudo o que conseguiste na vida, não tenhas medo de falhar, aprende com isso e continua a crescer, ama-te, sê gentil para contigo e confia! O Universo is holding your back!


A ti, se em algum nível da tua vida, também anseias por algum tipo de mudança, confia em ti e tem um pouco de fé! Mesmo que não saibas onde queres chegar, começa por aprender sobre ti mesmo, conheceres-te e aceitares-te verdadeiramente. Prepara-te, procura suporte e desafia-te a começares uma viagem ao interior de ti mesmo e descobrir o potencial ilimitado que És. A verdadeira mudança começa dentro de ti!


Ahoo 2023!

Ana Pais

68 visualizações0 comentário

Comentários


JustBlog

posts mais recentes

Instagram

@justbu.pt

bottom of page